Treinamento funcional para emagrecer funciona?

Treinamento funcional para emagrecer funciona?

 

Já faz um tempo que as academias e professores de educação física andam investimento no treinamento funcional. Tornou-se modismo no Brasil e como toda nova de exercícios físicos, é importante saber um pouco mais antes de aderir à febre.

 

O treinamento funcional tem como proposta unir exercícios físicos que simulam atos do cotidiano, executados por você no dia a dia. Não são novidades para o seu corpo porque ele já faz isso rotineiramente como agachamento (levantar e sentar em uma cadeira, por exemplo), o ato de empurrar, girar, pulos e corrida. O diferencial é fazer isso de forma combinada, sem pesos ou com peso mínimo e respeitando seus limites.

 

Diferentemente da musculação o treinamento funcional trabalha com todos os músculos do corpo (ou ao menos 90% deles). Além de não ser monótono (cada treino é diferente) usa equipamentos livres como alteres, cordas, bambolês ou apenas um espaço vazio. Podem ser feitos individualmente como exercícios em casa ou em grupo. São uma ótima dica para quem quer sair da academia, não curte esportes e busca uma atividade física diferenciada.burpees treinamento funcional

 

Quais os benefícios do treinamento funcional?

 

Os mais tradicionais podem ficar com medo de abandonar uma academia, máquinas modernas e partir para um treino sem pesos ou qualquer outro acessório. Mas acredite: funciona! Como são exercícios apenas para serem feitos com o corpo e sem ajuda de máquinas a postura melhora bastante porque é você mesmo buscando o equilíbrio além de lidar melhor com o próprio peso. Ajuda a reduzir lesões e muitas dores recorrentes de esforço do dia a dia sem o devido trabalho muscular.

 

O principal diferencial deste tipo de treino é trabalhar a musculatura em grupo e não isoladamente. Por que isso é importante? Porque você usa os músculos completos e não um grupo a parte no dia a dia. É uma imitação dos movimentos do corpo potencializada e por isso é tão eficiente. Na musculação para realizar a malhação de um grupo de músculos das pernas, por exemplo, você pode precisar de três a quatro exercícios e com apenas um no funcional se faz tudo isso.

 

Os exercícios funcionais também tendem a ser mais completos em diversos pontos e um deles é treinar desenvolvimento muscular com força também. Muitos conseguem levantar barras pesadas em supino mas não conseguem fazer uma flexão porque não trabalharam tudo o necessário e o funcional proporciona isso. Os riscos de lesão são bem menores também porque não envolve maquinários fortes e muito equipamento. É apenas seu corpo sendo forçado a trabalhar de forma confortável.

 

Para quem busca abdominal sarado esta é uma boa pedida de exercícios. Um dos focos deste tipo de treino é fortalecer o core, o centro de força corporal. E este inclui músculos abdominais, região do quadril e lombar para estabilizar a coluna vertebral. Além de melhorar gradativamente a coluna, prevenir ou dissolver dores nas costas também. E claro, o abdome vai ficar sarado sem muito esforço, é só fazer os exercícios da forma correta.

 

O treinamento funcional emagrece?

 

A pergunta que não quer calar: treinamento funcional emagrece? Sim! Há uma relutância em acreditar nisso entre os mais conservadores porque não é uma aula de ginástica, não tem dança e não usa esteira mas emagrece sim. Os exercícios são contínuos e realizados na maior parte das vezes em pequenos circuitos movimentando sempre o corpo. E como todo movimento há queima de calorias. E como são exercícios envolvendo diversos grupos musculares a queima de peso é maior também.

 

O mais legal do funcional é que ele acelera o metabolismo e continua queimando mesmo depois do treino. Alguns circuitos são tão intensos e simples de fazer que promovem a queima durante 48 horas, por isso os treinos podem ser de no máximo três vezes por semana para dar descanso ao músculo também.

 

Quem pode fazer treinamento funcional?

 

Se o médico aprovar a atividade física para seu organismo, qualquer pessoa pode fazer. Mas sempre é importante passar por uma avaliação de um cardiologista e ortopedista para saber se você está apto aos movimentos. Se for aprovado por um especialista qualquer pessoa de todos os sexos e idade pode praticar exercícios funcionais, sempre de acordo com seu preparo físico e respeitando seus limites.

 

Dá para fazer treinamento funcional em casa?
 

Sim, sem problemas. Se você foi liberado pelo médico para a prática esportiva pode unir um grupo de exercícios em vídeos orientados por um profissional e começar a se exercitar. Recomenda-se a prática esportiva ao menos duas vezes por semana para ter efeito real.

Conheça os programas Corpo de 21 e Desafio Vip 60

Você Precisa Ver Isso:

Um comentário em “Treinamento funcional para emagrecer funciona?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *